Vila Nova

Padroeira: Imaculado Coração de Maria Data de Fundação: 08 de novembro de 2004  Inicio da Construção da igreja: Ainda não foi iniciada

Na comunidade existem: 251 famílias, 06 Grupos de Família, 10 Pastorais/serviços organizadosPrimeiras famílias / colonizaram: Candiotto, Fachin, Sartor, Da Silva.

 

Moradora mais velha: Vicensia da Costa Candiotto. Data nasc. 22/05/1915. 

 

Casal mais velho: César Manuel de Souza – Data nasc. 04/05/1924.

 

Como surgiu a comunidade/localidade: Estas terras pertenciam aos Guglielmi. Por volta de 1970 Pedro Candiotto e sua esposa Maria Sartor Candiotto adquiriram estas terras. Com o crescimento da população de Cocal do Sul formaram então o Loteamento Candiotto do Bairro Vila Nova.

Em 1994 as famílias motivadas pelo Padre Lindolfo começaram a se reunir para a reza do terço.

Em 1996 Padre Onécimo Alberton forma no bairro o 1º grupo de liturgia para que o bairro participe das liturgias da Matriz. Em 20 de junho de 1997 o Padre Carlos do Seminário (do Pinheirinho) presidi a 1ª Celebração Eucarística na comunidade. Em 29 de junho de 2000 a imagem da Nsa Sra da Natividade, padroeira desta paróquia, visita o bairro e permanece nele durante uma semana. Durante esta semana as famílias do bairro se reúnem todas as noites para a reza do terço. Com esta visita, a comunidade percebeu a necessidade de continuar se reunindo, pois a população do bairro era em sua maioria Católica. Tendo neste meio lideranças com espírito evangelizador e movidas pelo Espírito Santo sentiram a necessidade de formar uma comunidade baseada na fé na oração na partilha, motivando as famílias a vivenciarem os valores evangélicos. Desde já nasce do meio da comunidade o desejo de ter como padroeira a Nsa Senhora, pois é Ela que visita primeiro seus filhos e filhas. Então lideranças da comunidade obtiveram junto ao Diretor da Escola José Peruchi a licença para ocupar uma sala do colégio. Do Padre Onécimo Alberton  obtiveram a permissão para celebrar a liturgia da palavra com a distribuição da Comunhão todos os domingos. Em 08 de novembro de 2004 foi formado então o CPC – Conselho de Pastoral da Comunidade sob a proteção do Imaculado Coração de Maria. Aconteceu uma reunião com as lideranças para definir qual seria a/o padroeira(o) do bairro surgiu então a sugestão da Marta Zacaron Bez Birolo de ter como padroeira o Imaculado Coração de Maria. A sugestão foi aceita então pelos presentes. A imagem (da padroeira) foi comprada por intermédio do Padre Daniel (na época pároco de Urussanga), com o dinheiro arrecadado através de doações de toda a comunidade.

A celebração da palavra (culto) acontece: Domingos às 09h15min.